fbpx
Empreendedorismo sustentável

O que é empreendedorismo sustentável?

Sumário

Trazer o seu negócio para o mundo digital, automatizando vários processos e deixando enormes pilhas de papel para trás resultam em uma forma de sustentabilidade, uma vez que muitos desperdícios são cortados ao longo do processo. Para se ter uma noção, para cada tonelada de papel virgem, um total de doze árvores são necessários e mais de 500 litros de água são utilizados no processo. Apesar da maior motivação das empresas ao apostarem na digitalização ser o ganho na produtividade e a redução de gastos, há quem queira ter o que hoje é conhecido como empreendedorismo sustentável. Ainda assim, para ter um negócio considerado sustentável, é preciso ir além da digitalização.

O que é empreendedorismo sustentável?

Empreendedorismo sustentável é quando as empresas, além de buscar lucratividade e crescimento, adaptam todos os seus processos de forma que eles respeitem o meio ambiente e evitem desperdícios. Isso acontece tanto nos mínimos detalhes, como evitar distribuir copos descartáveis, como em situações mais macro, como escolher fornecedores que também sejam sustentáveis e digitalizar processos.

Ao contrário do que muitos pensam, esse tipo de negócio visa acima de tudo o lucro, mas tentando encontrar formas de conquistá-lo de forma sustentável. Dessa forma, as estratégias elaboradas assim como os processos da empresa são todos pensados para não prejudicar o meio ambiente – ou prejudicar o mínimo possível. O que importa é crescer sem causar danos.

Por que é importante?

A preocupação com a saúde do planeta deixou de ser um luxo e cada vez mais é uma questão central e um fator decisivo para os negócios. Exemplos disso são tanto a cobrança do público em relação a um posicionamento cada vez mais correto das empresas como dos investidores, que hoje analisam fatores como a pegada de carbono da empresa e uso da água para decidir se vale ou não investir.

Segundo uma pesquisa da McKinsey, os fatores mais importantes para adotar uma estratégia sustentável são:

  • Alinhar-se aos objetivos, missões ou valores de uma empresa;
  • Construir, manter ou melhorar a reputação;
  • Atender às expectativas do cliente;
  • Desenvolver novas oportunidades de crescimento.

Como apostar no empreendedorismo sustentável?

Ter uma empresa sustentável, como já dito, envolve etapas como digitalizar os negócios, mas vai além. A estratégia muitas vezes tem que mudar, os fornecedores, os processos. É claro que tudo isso não precisa ser feito do dia para a noite, mas antes de começar é importante que todos estejam envolvidos.

Envolva toda a empresa

Para transformar um negócio em sustentável, será necessário ajuda da empresa como um todo. Por isso, uma das primeiras coisas a se fazer é promover uma conversa ou apresentação de conscientização sustentável para toda a equipe. É imprescindível que eles entendam os benefícios e os novos rumos da empresa, assim como que as mudanças serão feitas de forma gradual.

O ideal é que a empresa como um todo se sinta parte da mudança, tomando iniciativa e propondo ideias. Para isso, é preciso que a transformação do negócio seja vista não como um conjunto de regras, mas como uma responsabilidade da empresa e do time com a sociedade e com o ambiente.

Repense uma estratégia sustentável

Uma vez adotado o objetivo de tornar a empresa sustentável, é preciso reavaliar as estratégias dela, assim como criar outras que vão de acordo com a nova realidade.

Entenda o cenário atual

Sempre antes de definir objetivos ou caminhos é imprescindível entender a realidade do negócio hoje. Por isso, em termos de sustentabilidade como está a sua empresa hoje? Algumas perguntas nesse estilo precisam ser feitas. Confira algumas que podem ajudar:

  • Qual o desperdício gerado pela empresa?
  • Qual o impacto dela nos entornos?
  • Há alguma iniciativa sustentável? Qual?
  • Candidatos a vagas de emprego admiram a empresa por algum motivo?

Defina os objetivos

Depois de entender qual o ponto de partida, deve-se entender qual é a chegada. Ou seja, onde a empresa deverá chegar em termos de sustentabilidade em um determinado período de tempo. Essa etapa vai de acordo com o que os empreendedores entendem que é o melhor para o negócio e para o interesse deles com essa iniciativa. 

Crie caminhos

Ligar o começo ao final é a elaboração da estratégia. Existe um ponto importante aqui que se não for feito com cuidado poderá prejudicá-lo: antes de sustentável, o seu negócio precisa ser lucrativo. Afinal, para servir de exemplo para outras empresas e para lutar por uma causa, é importante que a empresa consiga se sustentar e crescer.

Para definir as estratégias, tenha em mente os objetivos delimitados, assim como uma percepção geral da sua empresa e do mercado. Por exemplo, é possível economizar energia com equipamentos certificados e realizar a troca já faria uma grande diferença. Outra questão é o público: seus clientes têm interesse em produtos sustentáveis? Eles pagariam mais por isso? Segundo a Unilever, 33% dos consumidores afirmaram que preferem comprar de marcas que fazem o bem social ou ambiental.

Entregue resultados

Vender o discurso da sustentabilidade para sua equipe e público não basta: é preciso ter resultados que comprovem essa mudança. Pode ter certeza que seus clientes ficarão de olho e, em qualquer sinal de mentira, o seu negócio pode ficar conhecido de uma forma muito negativa no mercado.

Por isso, busque resultados rápidos. Uma forma de fazer isso é priorizar mudanças que são mais rápidas e já podem surtir efeitos positivos. Um exemplo é dar canecas ou copos personalizados como incentivo para o time parar de usar copos descartáveis, assim como trocar embalagens de plástico por outras de materiais reciclados, o que já causa um impacto nos clientes também. Mas lembre-se de não parar por aí!